quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Excertos VIII


Ouvi, li, senti algures...

"Desire that your loneliness may spur you into finding something to live for, great enough to die for."


quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Imagens e Visões VI


Parava e olhava em volta.
O mundo parecia-me nublado, turvo, escuro…
Esforçava a minha visão, semicerrando os olhos.
Não é o mundo que se encontrava envolto em neblina e em breu…

…era a minha vida!


Agora não...


terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Acordei


Estava sonolento e algo cansado.
Tinha sido um longo dia.

Deito-me tarde.

Fecho os olhos e adormeço...

Um par de horas depois acordo sem razão aparente.

Do nada.

Em seguida, toca o telemóvel.


...mensagem...


Penso quem seria!

Leio e releio.

Os olhos fazem um esforço para discernir as letras umas das outras...

Meio atordoado do sono e do que tinha acabado de ler, viro-me na cama procurando posição para dormir.
Não consigo...

Não consigo adormecer...


Aquelas simples palavras que acabara de ler não me saiam da mente.

Porquê?

O que se passa comigo?...

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

SoundTrack of Live VII

Sendo Jack Johnson um dos artistas que mais prazer me dá ouvir. Deixo aqui a música que mais mexe comigo com a sua letra e calma contagiante.

Jack Johnson
"Cocoon"

video

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Sim Eu


Sinto-me Feliz!
Por nada em geral.
Por tudo em particular.

Acordo bem disposto.

Faço tudo com mais Alegria.

Sinto uma energia, uma vitalidade que o meu corpo e a minha mente à muito não sentiam.

Estou Vivo!
Deixei de sobreviver, passei a Viver.


Ainda assim parece que falta algo...
Mas se estou Feliz, se me sinto Feliz, porquê esta sensação?

Se depressa me ponho a pensar.

Mais depressa ainda me surge a resposta...


...falta o mais importante.

Fazer alguém Feliz e esse alguém me fazer Feliz!

Agora sei.
Tudo a seu tempo.


PS: Neste post escrevi a palavra 'Feliz' sete vezes. É porque estou mesmo Feliz.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Desafio II


Fizeram-me mais um desafio. A Amiga
Stella Maris fez-me o seguinte desafio: criar um texto onde uso os meus últimos 10 títulos de post's.
Não contei com os títulos das rúbricas fixas, apenas dos Pensamentos que Soltei.


Então aqui estão os meus últimos 10 títulos:

- Momentos
- Mar de Inverno

- Dois

- Sand of Times

- Basta de Mim
- Calor Temporário

- Reter-me

- Imperfeita Repetição

- Quero-me de Volta

- Letras na Pele


Num acto de loucura decidi fazer (ou tentar) um poema...


Precisava de um daqueles Momentos
Só, Sentado
Contemplava o Mar de Inverno
Absorto em Dois pensamentos

No livro que desfolhava
Sand of Times de Hoeye
E em mim, num Basta de Mim
Que nem um Calor Temporário calava

Reter-me, passeou pela mente
Mas não seria nada de mais
Mais do que uma Imperfeita Repetição
Não vou passar pelo mundo, dormente

Quero-me de Volta, quero tudo
Sobretudo viver, viver, viver
Sem palavras ou Letras na Pele
Chega, quero um amor mudo

Menção Honrosa I


A AllenGirl efectou uma menção honrosa do meu blog no seu blog
:

"
E aproveito a deixa para nomear também algumas pessoas que têm acompanhado o De AllenGirl para MJ. Confesso que, sem elas, o meu dia não seria tão feliz :) ...Para ti, Pipe Shadow, porque escreves com a alma de forma arrebatadora!"

Agradeço, é sempre bom ouvirmos palavras destas.
Muito Obrigado!
Não vou dizer que gosto mais ou menos deste Blog ou daquele, apenas aqui deixo os blogs que entram diariamente na minha vida:


- Believing Planet de uma linda Amiga. Sabes que te adoro...
-
Chill que foi dos primeiros blogs que li e logo me apaixonei.
- De AllenGirl para MJ de uma menina muito esperta, sempre presente e sempre com uma palavra para dar mas das certas.
- Paddy com a sua irreverência tão desconcertante como certeira.
- Palavras (em)Silêncio um
blog de "coisas doces" da pequena Mafalda.
- O blog da Lua de poucas falas, mas falas muito sentidas.

- O blog da Seni, que grita a alto e bom som o que lhe vai na alma.
- Pérola que mais do que ninguém, parece que sabe o que penso e por um blog cheio de imagens e palavras lindas que me tocam e devem tocar a qualquer um.

Obrigado a todos por fazerem parte da minha vida virtual...

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Reter-me


Já passaram uns dias desde que soltei um pensamento…
Tanto para dizer.
Tanto por partilhar.
Tanto para contar.
Tanto para tirar de cima de mim.
Mas não!
Desta vez não…

…vou-me calar!

Quero saber se o que tenho cá dentro me “mata” ou se corrói este sentimento que há muito que me enfraquece e mantém “doente”.


sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Letras na Pele


Juntar a beleza do teu corpo com o significado das palavras…
Quero escrever no teu corpo todo o mundo, tudo o que sinto, todas as palavras que quero fazer perdurar…
Começo então por estes simples versos.


Em torrentes de nada
Mudo a forma e o jeito,
Em movimentos imparáveis
Palavras mudas fogem do peito,
Numa mente já arrombada!

Sentimentos concisos
Agudos e afiados como punhais,
Desferem golpes desleais
Em cada estocada, mais precisos.

Não, não vou morrer
Baralhado por esta surdina,
Quero desejos novos e antigos
Quero te errante menina,
Para finalmente, adormecer…


quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

SoundTrack of Live VI

Em resposta a um post de AllenGirl, fica aqui Hip Hop (e também funk e r&b).
Uma música do talentoso Common.
"Baby you're a blessin' and my best friend"

Common

"Faithful"
com Jonh Legend & Bilal

video

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Momentos


Numa noite destas, quero ter um sonho assim…


Sentados na areia.
Era noite.
Estava escuro. Lua nova.
Por companhia tinham apenas as ondas, que em movimentos inusitados se enrolavam na areia.
Os sons que soltavam…
Insinuando-se…

Ela, Ele e a praia.
A temperatura assim o convidava.
O Ambiente entre ambos assim o pedia.
Os dois…
Durante tempo sem fim falaram.
De tudo.
De nada.
Sempre adoraram falar.
Era um fascínio para ambos trocar ideias…
Pensamentos…
Ideais…
Banalidades…
Sentimentos…
Experiências…
Nos últimos tempos nada disto tinha sido possível.
As obrigações profissionais assim o ditavam.
Mas não naquela noite! Não!
Estavam disponíveis apenas para eles mesmos.

O tempo desfiou-se. Transformando-se…
…em segundos.
…em minutos.
…em horas.
Ela sentada entre as pernas dele e envolvida pelos seus braços.
Envolvida num abraço nem leve, nem demasiado apertado.
Um abraço de quem sente!
Foram breves os momentos de silêncio.
Ela, inclinando para trás a cabeça, segreda-lhe com a sua doce voz…

São momentos como este, que compensam todos os outros em que não temos tempo para Nós.
És o meu melhor amigo!

És o meu maior amor!...
Beija-me…


terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Excertos VII


Ouvi, li, senti algures...

Wanting to grab you, wanting to feel your touch
Breathing desire, the search which you denied,

Ambition marked to kill the feeling.

Outside, that's all you've got

You've got to stop it, when you go for a ride,

Outside love ain't nothing 'till you feel the healing...

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Mar de Inverno


Chovia levemente.
Inverno.
Mas não estava frio.
Sentia-me algo parado.
Decido então ver o mar, ir à praia…
Queria estar só!
Não que estivesse particularmente em baixo.
Apenas queria.
Estava cansado das pessoas e dos seus sons.
Sabia que a praia estaria vazia.
Viagem rápida.
Uns minutos de distância a ouvir o meu “velho amigo” Frank…

Chego. Já não chovia.
Tiro os sapatos.
Dobro as calças.
E piso a areia…
Húmida e fresca.
Elevava-me a alma!
Olho em volta.
Estava só, ou assim pensava…
Caminho ao largo com os pés na água gelada.
Reparo então que não estava só.
Alguém estava no mar.
Um surfista?
Não. Uma surfista.
Sento-me na areia, observando o que fazia.
O tempo voou.
Saiu da água, tirou o fato, vestiu-se e partiu…
Por momentos pensei que estivesse acompanhado.
Afinal estava só!...


sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

SoundTrack of Live V

Sinatra também, mas esta chama-se Nancy.
Música algo diferente, melodia excelente...


"Bang Bang"
Nancy Sinatra

video

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Imagens e Visões V


Bora Bora
French Polynesia
(Latitude: 16º 30’0 S, Longitude: 151º 45’0 W)

Destino já tenho, falta apenas a companhia…
Um dia…

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Imperfeita Repetição


Tentando sobreviver, perdi-me algures.
Andei à deriva…
Pensei por momentos ter encontrado novamente o caminho…
Não!
Apenas apanhei uma estrada, que sabia, iria dar a um beco sem saída.
Voltei a ficar sem chão para percorrer.
Voltei a perder-me…
Aos poucos procuro o meu rumo.
Não outro qualquer.

O MEU!

A minha rota.
A minha viagem.
O meu caminho.
Espero então um dia cruzar o caminho de outrem…

…num qualquer cruzamento da vida!